Buscar
  • Luciano Ducci

Deputado Luciano Ducci defende a manutenção do isolamento social





Ducci é médico pneumologista, foi prefeito de Curitiba e secretário da saúde da capital

Ficar ou sair de casa? Na opinião do deputado federal Luciano Ducci não é hora de aliviar as medidas de isolamento social, ao contrário, é hora de incentiva-las para que tenham resultados.

Ducci é médico pneumologista e afirma que os exemplos dos outros países, em que a epidemia tem mais tempo, são essenciais para que o Brasil consiga conter o coronavírus e evitar o colapso do sistema de saúde, além de muitas mortes. “Não podemos errar agora e incentivar que as pessoas voltem a viver normalmente. Isso é incentivar que o nosso povo vá na contramão do que o mundo já entendeu como eficaz”.

Um dos exemplos citados é o da cidade de Milão, na Itália. Lá, em fevereiro, o prefeito criou uma campanha publicitária para reabrir o comércio e incentivar as pessoas a aliviarem o isolamento. Em apenas um mês, a cidade registrou mais de 4800 mortes. Na quinta-feira passada, o prefeito foi a público, pedir desculpas à população pela decisão equivocada. “Nós temos exemplos, podemos seguir os bons ou os ruins. Eu prefiro não arriscar as vidas”, comenta Ducci sobre o caso de Milão.

No Brasil, circula pelas redes, desde sexta-feira, uma campanha publicitária encomendada pelo governo federal que incentiva que os brasileiros retomem as suas atividades econômicas. O PSB, partido de Ducci, entrou com medida cautelar para proibir a veiculação do comercial.

Para Luciano Ducci, este tipo de informação leva as pessoas à dúvida, não fortalece as medidas das autoridades de saúde e assume um risco perigoso.

“É hora de informarmos as pessoas e as protegermos. Inclusive, já estamos propondo e aprovando uma série de providências para as questões mais urgentes da economia, para que ninguém fique desassistido”.


Para o deputado, é hora de pensar nas vidas que estão em risco. “Tenho certeza que ninguém quer arriscar perder alguém que ama. É hora de lavar bem as mãos e de ficar em casa”, recomenda Ducci.

19 visualizações0 comentário