Notícias

Luciano Ducci sugere mudanças na revalidação de diplomas médicos emitidos no exterior

O deputado federal Luciano Ducci (PSB) apresentou a Indicação nº 4.964/2018, na qual sugere ao Ministério da Saúde medidas para aperfeiçoar o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida).

Instituído em 2001, o Revalida tem por objetivo atender a grande demanda de brasileiros formados em escolas de medicina em outros países e que desejam exercer a profissão no Brasil. “É evidente que é necessário critério para a revalidação destes diplomas, já que os profissionais aprovados irão atuar cuidando de nós, brasileiros e brasileiras”, argumenta.

Porém, segundo Ducci, são comuns queixas relativas aos critérios utilizados no exame, que são associados a uma alta taxa de reprovação. Para o parlamentar, isso pode ser entendido, de certa forma, como discriminação à formação médica de países vizinhos. “É claro que queremos os melhores médicos no País, mas não podemos ter a arrogância de acreditar que só nossas faculdades podem formar bons profissionais”, completa.

As medidas propostas pelo parlamentar são o fornecimento das respostas discursivas e dos vídeos das provas práticas para o candidato, com a finalidade de elaboração de eventual recurso; a divulgação da bibliografia básica utilizada como referência na elaboração das provas de revalidação de diplomas expedidos no exterior e a criação de bônus por participação no programa Mais Médicos.

“Essas sugestões, se acatadas, poderiam melhorar o Revalida, trazendo maior senso de justiça para os candidatos, assim como estimulando a participação no Mais Médicos”, finaliza o socialista.

Fonte – PSB na Câmara